30/01/2018

Da cidade até os assentamentos, rondonistas são recebidos pela comunidade

Rondonistas da Fimca, Faron e Metropolitana foram recebidos pelas comunidades de Theobroma e Vale do Paraíso para mais uma segunda-feira de oficinas. No dia 29 foram realizadas atividades, tanto na cidade, quanto em assentamentos.

Os assentamentos Vila dos Palmares e Cachoeirinha, distantes 27 quilômetros e 50 quilômetros, respectivamente, de Theobroma, participaram das ações dos rondonistas e aprenderam desde técnicas de saboaria a cafeicultura.

Durante as oficinas na área rural, os rondonistas repassaram orientações sobre o estatuto do idoso, cafeicultura, trabalho infantil, lei Maria da Penha, entre outras. Após a oficina, os estudantes do curso de agronomia foram convidados por uma moradora local, dona Martiliana da Fonseca, para uma visita técnica em sua casa para orientações sobre controle de pragas e ervas daninhas.

Martiliana aprendeu novas técnicas e deixou um recado à equipe. “Eu fico muito contente com essa visita, porque a minha hortinha estava cheia de caramujo e outras coisas que eu não sabia mais como cuidar. Agora que os meninos me ensinaram, eu vou fazer certinho e as folhas e as frutas vão voltar a florir por aqui”, ressaltou.

 

Em Vale do Paraíso o dia também começou agitado. Logo pela manhã, os rondonistas da Faron e da Metropolitana acompanharam uma visita do governador Confúcio Moura para a inauguração de uma indústria de pescado que vai fomentar ainda mais a economia local. Com essa nova indústria, o estado pretende subir no ranking de produção, que já é o segundo maior do país, de acordo com dados do Anuário Brasileiro de Piscicultura (Peixe BR).

Após a cerimônia, os acadêmicos se reuniram para fechar a programação do resto da semana, que pretende ser intensa.

 

E apesar do volume de trabalho, a acadêmica do curso de letras, Fabiana Ramos, se sente gratificada em participar da Operação Teixeirão. “Para mim, está sendo muito interessante, está sendo uma fase nova na minha vida, uma fase de aprendizado”.

Todas as oficinas ministradas pelos acadêmicos tem como um dos enfoques principais a multiplicação dos saberes abrangendo toda a comunidade local, e especialmente, entre os líderes comunitários, agentes de saúde, e outros.

As atividades da Operação Teixeirão em todos os municípios participantes vão até o dia 2 de fevereiro. 

 

 

Texto Evellin Rodrigues
Fotos: Larissa Zuim

Fonte: Comunicação Social - UNIRON

Compartilhe Imprimir

RONDON

Ministério da Defesa - Esplanada dos Ministérios
Bloco Q - Cep: 70.049-900 - Brasília/DF

Fale Conosco

MINISTÉRIO DA DEFESA