13/07/2018

Rondonistas em ação na Operação Pantanal

A Operação Pantanal começou em 7 de julho. Rondonistas vindos de vários lugares do Brasil chegaram ao Mato Grosso do Sul para realizar as atividades e ações do Projeto Rondon. Os acadêmicos e professores foram recepcionados no 20º Regimento de Cavalaria Blindado, onde participaram de uma formatura de militares. Também visitaram a Base Aérea de Campo Grande – Ala 5, vivenciaram a cerimônia de abertura oficial da operação e uma alvorada festiva. Logo depois da foto oficial, partiram aos municípios para o início do trabalho com os agentes multiplicadores nas comunidades. 

Conjunto C, responsável pela cobertura das atividades, esteve em cinco cidades nos primeiros cinco dias de operação. A primeira foi Rochedo, no domingo (8). Neste dia, o grupo acompanhou a chegada da Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), que foram recepcionadas pela comunidade com uma Festa Julina. Os acadêmicos e professores disseram estar animados e cheios de vontade para realizar as atividades. “A gente fica na expectativa de contribuir de alguma forma”, destaca o acadêmico rondonista da UFOP, Elvis Maciel Jorge.

Em Corguinho, a Faculdade do Noroeste de Minas (CENBEC/FINOM) e a Pontifícia Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) também estão realizando ações do Projeto Rondon. Para interagir com a comunidade e convidá-la a participar das atividades, os rondonistas visitaram casas de moradores. “O povo é muito acolhedor”, diz o acadêmico rondonista Alex da Silva Porto, da CENBEC/FINOM. As IES também divulgaram as ações do Rondon na rádio comunitária local.

Nioaque, cidade conhecida por ser o ‘Vale dos Dinossauros’, recebe os alunos da UFSC e Unilassale durante os dias da operação. O grupo irá conhecer vários locais do município, como assentamentos. Um deles é o assentamento Uirapuru, onde já realizaram diversas oficinas, entre elas, uma sobre técnicas de aproveitamento e utilização de bambu (que é abundante na região) e sustentabilidade. Aliás, assuntos relacionados ao meio ambiente serão muito explorados pelos rondonistas.

Os acadêmicos e professores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) estão em Miranda, cidade a 202 quilômetros de Campo Grande. Entre as atividades que irão realizar estão oficinas com pais, professores e a comunidade. Na quarta-feira, 11, os rondonistas fizeram sete atividades simultâneas. O professor rondonista Renato Ribas destacou a integração entre as equipes. “Hoje, praticamente, não se percebeu a diferença entre UFRGS e Unicamp. Não há diferença entre as equipes”.

Na cidade de Rio Negro, a Operação Pantanal será realizada pelos acadêmicos e professores rondonistas da FAE Centro Universitário e do Centro Universitário Lusíada (Unilus). Entre as ações realizadas, na quinta-feira, 15, a FAE realizou uma oficina sobre ‘Relacionamento Interno no Trabalho’ na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), sobre ‘Autoestima’ com agentes multiplicadores. Já a Unilus realizou atividades de ‘Primeiros socorros’, ‘Tratamento de depressão e ansiedade’ e Geronto-ativação - esta última no Clube da Melhor Idade.  Na sexta-feira, 16, a FAE também realizou uma sessão de cinema e uma oficina de skate e patinação artística.

 Dia do Rondonista

Em 11 de julho, os rondonistas comemoram o Dia do Rondonista. Desde que foi reativado, em 2005, o Projeto Rondon recebe centenas de universitários e professores a cada operação. Ações e atividades são realizadas nas comunidades. Para mostrar um pouco sobre como é a vida de rondonista e o que significa ser rondonista, foram realizadas ações para interagir com aqueles que já passaram por essa experiência. A saudade, a alegria e o orgulho de fazer parte do Projeto Rondon foram alguns dos sentimentos compartilhados pelos amarelinhos. A acadêmica rondonista da Unilassale, Ohana Rosario, destaca o conhecimento adquirido durante a operação. “Participar destas atividades e exercer a cidadania tem sido maravilhoso! ”, finaliza.

 

 

 

 

Texto: Juny Hugen

Fotos: Thaís Joris e Gabriel Quintino

Conj. C.  Univali

Fonte: Coordenação-Geral do Projeto Rondon

Compartilhe Imprimir

RONDON

Ministério da Defesa - Esplanada dos Ministérios
Bloco Q - Cep: 70.049-900 - Brasília/DF

Fale Conosco

MINISTÉRIO DA DEFESA