20/07/2018

Rondonistas partem das necessidades locais para capacitar multiplicadores nos municípios de Alagoas

A Operação Palmares começou a todo vapor nos municípios de Alagoas. Desde segunda-feira (16/07), os rondonistas ministram oficinas, palestras, cursos e desenvolvem atividades culturais, como por exemplo o Cine Rondon, que após a exibição de filmes, promove discussões relacionando as temáticas com as questões que fazem parte da realidade das comunidades atendidas.

Os rondonistas vêm realizando as atividades nos municípios de Belém, Cacimbinhas, Olivença, Jequiá da Praia, Roteiro, Coité do Nóia, São José da Laje, Joaquim Gomes, Novo Lino, Porto de Pedras, Quebrangulo e Chã Preta. Cada município é contemplado com dois conjuntos que agregam ações envolvendo Cultura, Direitos Humanos e Justiça, Educação, Saúde, Meio Ambiente, Comunicação, Tecnologia de Produção e Trabalho.

As oficinas desenvolvidas são pensadas com o objetivo de contribuir para soluções de problemas apontados no diagnóstico inicial que subsidiou a elaboração dos projetos pelas IES. Para tanto, elas atuam no sentido de promover o desenvolvimento sustentável e o bem-estar das comunidades, ao tempo em que formam multiplicadores que efetivarão a continuidade das ações.

 

Um exemplo disso são as oficinas ministradas no município de Belém, cujas necessidades destacadas, tanto no diagnóstico quanto pela comunidade, envolviam questões como a geração de renda, destinação correta do lixo e violência contra a mulher. Em Coité do Nóia, as demandas apontadas referiam-se à grande quantidade de acidentes de moto e carro, infestações de animais peçonhentos e fortalecimentos dos conselhos municipais.

 

Oficina de Primeiros Socorros em Coité do Nóia (AL).

 

Atendendo às necessidades apresentadas pela comunidade de São José da Laje, os rondonistas das IES que estão atuando nesse município realizaram oficinas e cursos abordando o tema da sexualidade – como as infecções sexualmente transmissíveis e o uso de métodos contraceptivos –, práticas integrativas e complementares à saúde, capacitação em gestão familiar e sustentável no agronegócio, além do tema da violência contra a criança.

 

Nos 12 municípios que estão recebendo esta operação do Projeto Rondon, os estudantes e professores interagem de forma dinâmica com a população, oferecendo capacitação a multiplicadores da zona urbana e da zona rural. Também são oferecidas capacitações específicas aos profissionais das áreas da Educação, da Saúde e da Administração Pública, além de oficinas voltadas para a população que já é atendida nos Centros de Referência, como o CRAS e o CAPS.

Texto: Maria Luíza Santos e Jùlia Baracho, sob supervisão de Valéria Amim e Antônio Xavier

Fotos: Saiara Palma, Antonio Xavier e Hérica Lima. 

Fonte: Comunicação Social - UESC

Compartilhe Imprimir

RONDON

Ministério da Defesa - Esplanada dos Ministérios
Bloco Q - Cep: 70.049-900 - Brasília/DF

Fale Conosco

MINISTÉRIO DA DEFESA